Amor/Love, Cinema

Antes de amor, quero empatia

video

Assistindo ao filme “Funny Face”, 1957, estrelado por Audrey Hepburn, minha diva forever, e seu par Fred Astaire decidi:  antes de amor eu quero empatia.

Empatia é um sentimento mais nobre que o amor. O amor pode ser egoísta, cego ou pode ser egoísta por ser cego. A empatia não, ela é lúcida, compreensiva, companheira e solidária.

Na cena acima,  Audrey defini o que é empatia e seu par romântico responde a sua definição de maneira surpreendentemente empática e apaixonante. Confira a cena e a tradução logo abaixo.

Diálogo:

– Você sabe o que significa empatia?

– Não, eu teria que pegar um curso para iniciantes nessa matéria. Seria algo como simpatia?

– Não. Empatia vai além de simpatia.
 Simpatia é entender o que o outro sente. Empatia é projetar sua imaginação de modo a sentir o que o outro está sentindo. É colocar-se no lugar do outro. Ficou claro?

(beijo)

– Por que você fez isso?

– Empatia. Eu me coloquei no seu lugar e senti que você  queria ser beijada.

Before love, I want empathy

After watching the movie “Funny Face, 1957, played by Audrey Hepburn and her par Fred Astaire, I have realized that before love, I want empathy.

Empathy is a more noble feeling than love. Love can be selfish, blind or maybe it is selfish because it is blind. Anyway, empathy is lucid, comprehensive, a companion and even sympathetic.

In the scene above, Audrey defines what is empathy and her romantic par reacts to her definition in a surprising empathic and passionate way. Check out the scene below:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *