Música/ Music

Listening like wine and drinking like music

nina

Lá pelas tantas, tive a sensação de beber Nina Simone. Audição e paladar me pareciam embaralhados.  O vinho e a voz embalavam o paladar e saciavam a alma. Foi nessa noite, entre amigos e conversas, que reconheci velhas canções como novas. Uma novidade que não era trazida por novos ares, mas sim por ares perdidos, que só alguns intérpretes resgatam como tufões . Os versos de “I wish I knew how it would feel to be free” (Light House Family), “ Ooh, Child”(Yoshika) e “Here comes the Sun”(George Harrison) soaram deliciosamente verdadeiros. Eu, enfim, pude degustá-los.

Nina Simone é como um bom vinho, é preciso beber com calma, com devoção. E pensando nisso tudo, agora mesmo eu me pego embalada por outra canção: “I’ve got you under my skin”. Nina é mesmo uma paixão que entra por debaixo da pele.

Abaixo compartilho algumas canções:

Listening like wine and drinking like music

Late at night, I had the sensation of drinking Nina Simone. Hearing and tasting seemed so scrambled. The wine and Nina’s voice dandled my palate and fended my soul . It was that night, among friends and conversations, that I recognized old songs as new. That kind of news that wasn’t brought by fresh air, but by airs that were hidden and only some interpreters could find it as typhoons. The verses of I Wish I Knew How It Would Feel To Be Free (Light House Family), Ooh Child (Yoshika) and Here Comes the Sun (George Harrison) sounded delightfully true. I, finally, could taste it.

Nina Simone is like a fine wine, you need to drink it slowly, with devotion. And speaking of that, right now I find myself playing another song: I’ve got you under my skin, Nina is really a passion that goes underneath the skin.

Here I leave you with some delightful songs:

07 I Wish I Knew How It Would Feel To Be Free

05 Ooh Child

01 Here Comes The Sun01 To Love Somebody

16 My Way 1

4 thoughts on “Listening like wine and drinking like music

  1. vc não vai acreditar: estou eu agora a ler esse texto e advinha quem estou ouvindo? ela, nina simone e a clássica Wild is the Wind!!! Parece coisa do destino. Bjs.

  2. Se eu bem me lembro, estava nessa noite de Nina Simone, bom vinho e amigos idem. O aconchego daquela noite até esquenta o meu coração. Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *